quinta-feira, 28 de julho de 2011

CARACTERÍSTICAS DO LIBERALISMO



Em linhas gerais pode-se dizer que o liberalismo consiste numa não participação do Estado nos assuntos econômico, ou inda, se essa participação vier a ocorrer ela deve se dá na perspectiva do mínimo possível. Em outras palavras significa dizer que é característica central do liberalismo – no caso, o liberalismo econômico – que o estado não participe dos assuntos referentes à economia. Desse que, talvez, pode ser considerado o princípio geral do liberalismo, outros são deduzidos, como por exemplo, a noção de igualdade diante das leis, bem como o reconhecimento dos direitos individuais. Nesse sentido, a concepção liberal de cidadania, por exemplo, é extremamente individualista. Uma consequencia disso, conforme pode se ver, é o caráter passivo que a sociedade passa a ter quando de sua relação com o cidadão liberal. Um evento propício a uma nítida percepção do que seja o liberalismo é quando se contrasta ele com a democracia. Enquanto ela é representada pelos ideais de comunidade, ele é representado pelos ideais de individualidade.
Pode-se argumentar também que outra característica do liberalismo é o fato de que ele é universalista. Em se tratando da não participação do Estado nos assuntos econômicos, o liberalismo, assim designado, representa um atropelamento para a sociedade que pretende ser justa. Pois nele [liberalismo econômico] não há espaço para a prática da solidariedade. Pois, ao voltar-se para o mercado, no qual as empresas buscam o lucro a ferro e fogo, o liberalismo não admite, por exemplo, a noção de justiça maximalista dado a cobiça pelo dinheiro e demais riquezas. Alem do liberalismo econômico, há também o liberalismo político, do qual John Rawls é uma expressão.

Um comentário:

  1. Muito bom comsegui fazer meu trabalho muito obrigado*__*

    ResponderExcluir

quick search